Projetos & Equipas

BioChestnut - IPM ---

Implementar estratégias de luta eficazes contra doenças do castanheiro e amendoeira

O fungo Cryphonectria parasitica, associado ao cancro do castanheiro, teve um desenvolvimento epidémico muito rápido em Portugal a partir de 1989. Apesar dos esforços empreendidos pela aplicação das medidas de quarentena e dos meios de luta baseados na eliminação dos tecidos doentes, o cancro do castanheiro continua em expansão epidémica de difícil controlo. A falta de medidas de luta eficazes provoca grandes prejuízos económicos, o que exige a aplicação de medidas de proteção mais eficazes. No sentido de implementar a luta biológica por hipovirulência como meio preferencial contra o cancro do castanheiro, o Instituto Politécnico de Bragança isolou estirpes hipovirulentas do fungo C. parasitica dos grupos dominantes em Portugal, desenvolveu técnicas de multiplicação em laboratório destas estirpes e também métodos de aplicação no campo que demonstraram a sua eficácia enquanto agente biológico de combate ao cancro do castanheiro.

 

Objetivos

– Caracterizar a população virulenta de C. parasitica.
– Conhecer a presença da hipovirulencia natural na população de C.parasitica em Portugal.
– Monitorizar a eficácia dos tratamentos.
– Desenvolver formulações do bioproduto DICTIS para utilizar em situações diferenciadas da doença.

 

Equipa

Liderada pelo CNCFS – Centro Nacional de Competências dos Frutos Secos, conta com a participação de várias Universidades e Institutos, Associações, Cooperativas e empresas.

 

Website oficial do projeto BioChestnut