Projetos & Equipas

Ecomontado XXI ---

A agroecologia aplicada ao design do montado novo

Os ecossistemas de montado (de sobreiro e de azinheira) representam cerca de um terço da área de floresta em Portugal Continental e a eles encontra-se associada uma das principais fileiras do sector – a fileira da cortiça. A gradual diminuição de qualidade e quantidade desta matéria-prima, que se tem vindo a registar, leva à perda significativa de valor económico, social e ambiental. As perdas de vitalidade e de produtividade nos ecossistemas de montado são justificadas por vários fatores – fitossanitários, desequilíbrios nutricionais do solo – e revelam a fragilização generalizada do território, como consequência da implementação consecutiva de práticas agrícolas convencionais e más opções de gestão, associadas ao irreversível efeito das alterações climáticas.

A perda de solo e de biodiversidade, com a consequente perda do ecossistema montado, foi observada em cerca de 120 ha geridos pela Sociedade Agrícola do Freixo do Meio, mas esta realidade é representativa da generalidade das áreas de montado em Portugal.

 

Objetivos

Implementar no terreno conceitos teórico-práticos existentes de agroecologia e permacultura aplicada ao montado, com vista ao restauro de áreas degradadas, integrando técnicas de gestão do solo, assim como critérios biológicos e racionais da paisagem, pelo estudo e desenho das K-Line específicas de cada território, para que toda a água das chuvas penetre no solo, retardando a sua evaporação, e fomentando a produção de terra fértil.

Os objetivos específicos são:
1) experimentação no terreno de novas técnicas e de abordagens inovadoras de restauro do solo e de aproveitamento da água com base no desenho em K-Line;
2) instalação de espécies arbustivas e arbóreas com vista à constituição de um novo montado;
3) aferição do impacto social, económico e ambiental das soluções implementadas;
4) replicação dos resultados adquiridos noutros casos onde se identifique o mesmo problema;
5) divulgação dos resultados e sua integração no modelo conceptual do ECOMONTADO XXI.
6) divulgação da metodologia e bases conceptuais associadas às técnicas aplicadas no projeto.

 

Equipa

Sociedade Agrícola do Freixo do Meio, Herdade da Machoqueira do Grou CRL, ICAAM- Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais Mediterrânicas – Universidade de Évora, AGRO.GES Sociedade de Estudos e Projectos, APFC – Associação dos Produtores Florestais do Concelho de Coruche e Limítrofes.

 

Website oficial ECOMONTADO XXI