Projetos & Equipas

FireCast ---

Previsão de probabilidade de ocorrência de fogo e das suas características com vista a um piroambiente habitável

A dimensão trágica dos incêndios de 2017 em Portugal, quer em termos de perdas de vidas humanas, quer de prejuízos económicos e sociais, puseram em causa políticas há muito estabelecidas de gestão de fogo e trouxeram a lume vulnerabilidades aos níveis estrutural e operacional do sistema vigente de prevenção e combate a incêndios. Pretende-se desenvolver ferramentas relativas ao perigo de incêndio e especificamente desenhadas tendo em conta as necessidades da comunidade ligada ao fogo.

 

Objetivos

– analisar os megaincêndios de 2017 a fim de identificar os fatores que contribuíram para a sua excecionalidade;

– desenvolver métodos estatísticos para produzir mapas anuais de perigo estrutural de incêndio;

– fornecer previsões diárias de perigo meteorológico de incêndio;

– combinar a informação de perigo estrutural e meteorológico de incêndio em classes de perigo de incêndio que incorporem informação sobre a possibilidade de um megaincêndio;

– efetuar previsões horárias de perigo meteorológico de incêndio para o dia seguinte a ser utilizadas em tempo quase real pelas forças de combate e pela proteção civil;

– gerar antevisões sazonais de perigo de incêndio 1 a 3 meses antes do início da estação de fogo.

 

Equipa

IDL – Instituto Dom Luíz e CEAUL – Centro de Estatística e Aplicações da FCUL – Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, IPMA – Instituto Português do Mar e da Atmosfera e ISA – Instituto Superior de Agronomia.