Projetos & Equipas

GO +PrevCRP ---

Desenvolvimento de estratégias integradas para prevenção do cancro-resinoso-do-pinheiro

O fungo Fusarium circinatum, causador do cancro-resinoso-do-pinheiro, pode causar mortalidade significativa em pinheiros (Pinus spp.) e danos apreciáveis em Pseudotsuga menziesii, as suas espécies hospedeiras. Este fungo é considerado, em muitos países, um dos mais importantes agentes bióticos nocivos a afetar plantas de viveiro e árvores adultas. Em Portugal, foi detetado em 2008 num viveiro florestal e confirmada a presença em fornecedores de materiais florestais de reprodução (MFR; plantas, sementes e partes de plantas). Apesar de o fungo se dispersar pelo ar, água ou insetos, a principal via de disseminação é a circulação de semente e plantas, incluindo contentores e substratos.

 

Objetivos

– Implementar, em larga escala, estratégias de minimização do risco de dispersão do cancro resinoso do pinheiro nos fornecedores nacionais de MFR sem comprometer a germinação das sementes nem a qualidade das plantas.
– Obter novos substratos sustentáveis, sem casca de pinheiro, a partir de materiais disponíveis localmente (resíduos de cortiça, casca de folhosas, fibra de coco, entre outros) e que não sejam hospedeiros do fungo, representando por isso um menor risco de disseminação.
– Divulgar os resultados obtidos, particularmente junto dos fornecedores de MFR e dos técnicos dos gabinetes técnicos florestais (GTF) das Câmaras Municipais que trabalham com espécies hospedeiras e que podem ter um papel importante na sensibilização da população para a prevenção e controlo deste agente biótico nocivo.

 

Equipa

Liderada pelo ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, conta com diversas Universidades e Institutos de Investigação, Associações de Produtores e empresas de produtos e serviços florestais.

 

Mais informação sobre o projeto GO +PrevCRP